contigo quero dividir minha solidão

ciudad de méxico 2010

video

~

 

 

Posso ver a mesma paisagem muitas vezes e sempre aparecerá algo novo,

e todas as paisagem, de todos os lugares,

no final podem ser a mesma,

pois são imagens que existem mais dentro de mim

do que no mundo de verdade.

A paisagem respira no ritmo que piscam meus olhos.

A imagem respira em si mesma e também dentro de mim.

Essa imagem me deixa só, e essa solidão me impulsiona a seguir buscando.

Ela é fraca, ela não fala por si mesma, e essas palavras também são fracas e vazias.

Sei que você não vai ver esta imagem que existe só na minha cabeça,

nem vai sentir o que eu pude sentir ao vê-la,

mas sei que contigo posso compartilhar um pouco dessa solidão

de ter uma imagem que me habita.
 

~​

Vídeos realizados durante a residência de seis meses do seminário de fotografia contemporânea (2010), no Centro de la Imagen, na Cidade do México. Essa série de videos-postais é um diálogo entre autora e pessoas próximas que estiveram distantes. As imagens de viagens têm uma perspectiva de meu mundo particular, são fragmentos de minha história em um momento de transições em um lugar provisório. Os vídeos falam sobre a viagem, a distância, a memória e a saudade.